O blog

O blog nasceu de sentimentos paranóicos que nos quais eu sempre tive, nasceu de pequenas palavras que eu consegui associar em frases, em textos, e que viraram essa confusão gramatical, sabe aquela velha história de que uma hora você acaba esgotada de coisas que não pode falar, de coisas que estão entaladas no seu coração? Sempre adorei essas coisas do mundo virtual. Desde que ganhei meu primeiro computador foi assim, desde a época em que “ser fake ” era moda, falar numa linguagem “MiGuXExxXsCa” era moda também .

Na verdade,nunca sofri por amor quando era menor, nunca liguei se iam me amar ou não, ou se um dia eu ia me preocupar em que alguém gostasse de mim do meu jeito, enfim, não tive amores platônicos , eu basicamente me amava e isso era o que bastava para mim. Desde que eu supostamente comecei a blogar, não tinha muito o que fazer, na realidade, postava algo e ficava quase 2 meses sem postar nem uma vírgula, afinal eu não dava muita importância. Foi quando eu comecei a usar o tumblr (obrigada aos unicórnios) em que meu amor pelas palavras (pelas quais eu até gosto de escrever,mesmo não tendo muita inspiração) nasceu,como eu disse ali em cima, eles também nasceram de coisas que eu sentia, e que não havia mais espaço no meu coração,  e o meu tumblr cresceu , e eu tive mais vontade de blogar , de mostrar para o mundo o quanto eu sou importante, talvez nem todos enxerguem da maneira que eu gostaria , mais eu estou mostrando e isso é o que basta.

Já tive fotolog, tenho twitter, já tive outros blogs e confesso que nenhum me dava tanto animo de postar quanto esse. Basicamente eu só tenho 13 anos mais já sofri dor de amor (e um foda-se pra você que acha que só gente mais velha é quem sofre por amor), mais aprendi a superá-la e viver sem ela, afinal , eu não preciso que ninguém me ame ,  eu me amo , e quando alguém me amar , vai amar e ponto , e se acabou acabou , não era pra ser então.
Na realidade, eu gosto de escrever, tanto que me candidatei (e consegui) entrar para o Jornal Mural da minha escola,ok talvez fosse besteira , mas seria a minha chance de mostrar o que eu sei fazer de melhor (pra mim) , bem , talvez eu sou um tanto sonhadora demais, e convencida de mais, mais essa é a minha única chance,de deixar uma marca na vida. bem… é isso aí.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...